Ir para o conteúdo

Easy Deploy

Com o Easy Deploy, em apenas três passos voce terá sua automação pronta para ser executada pelo nosso orquestrador BotCity Maestro.

O processo do Easy Deploy é dividido em três etapas:

  1. Criando uma automação
  2. Implantando um robô
  3. Escolhendo onde executar

Primeiro Passo - Criando uma automação

O primeiro passo é preencher o nome do nosso processo de automação.

Image-automation-name

Segundo Passo - Implantando um robô

O segundo passo é preencher as informações sobre o seu robô. Para isso, é necessário que você já tenha criado e feito o processo de "build" de um projeto de robô.

Como criar um robô

Para gerenciar um robô na plataforma, precisamos primeiramente criar um projeto na estrutura Java, Javascript ou Python que será utilizado para desenvolver o robô.

Para criar um novo projeto de robô, siga os tutoriais abaixo:

Dica

Além dos projetos que seguem um modelo, você também pode orquestrar seus próprios projetos customizados.

Veja mais detalhes sobre como orquestrar projetos customizados.

Construindo seu projeto de robô

Para enviar o robô para o Maestro você precisa realizar o processo de "build" do projeto.

Se você estiver no Windows, execute o arquivo build.bat no diretório raiz do projeto, caso contrário, execute o arquivo build.sh no Linux ou macOS.

.\build.bat
./build.sh

Dica

Se você receber um erro de permissão, certifique-se de que seu script build.sh tenha permissão de execução.

Você pode definir a permissão com o seguinte comando:

chmod +x build.sh

Robôs Java

Para robôs desenvolvidos em Java, utilize o arquivo .jar gerado na pasta dist/. Se dois arquivos .jar forem gerados, utilize o arquivo com jar-with-dependencies no nome.

Robôs Python

Para robôs desenvolvidos em Python, utilize o arquivo .zip ou .tar.gz gerado na pasta dist/.

Robôs Javascript

Para robôs desenvolvidos em Javascript, utilize um arquivo .zip contendo os arquivos do projeto, como bot.js, pasta resources e package.json.

Nessa etapa, você irá fazer o upload do arquivo referente ao robô, definir qual tecnologia está sendo utilizada e por fim o nome e a versão que deseja usar para a implantação.

Image-automation-upload

Aviso para projetos Python legados

Para automações Python, se você estiver usando um modelo de projeto legado, o identificador do robô deve corresponder ao id definido na criação do projeto.

Se o nome gerado automaticamente não for igual ao ID do projeto criado, altere-o para que os identificadores correspondam.

Em projetos legados, o identificador do robô aparece no nome do arquivo .tar.gz gerado.

Último Passo - Escolhendo onde executar

A terceira e última etapa é definir qual Runner ou Runners serão associados a esta automação.

Você pode selecionar um Runner criado anteriormente ou inserir um identificador para criar um novo.

Nota

Veja mais detalhes sobre como criar e configurar um Runner na seção Runners.

Image-runner

Finalizando esta etapa, voce terá seu processo de automação associado ao seu robô e terá definido onde ele irá executar.

Dica

Você pode ver mais detalhes sobre a orquestração de um robô passo a passo utilizando a funcionalidade do Easy Deploy acessando o tutorial Orquestrando sua Automação.

Sucesso 🚀

Agora você tem a opção de criar uma nova tarefa para esta automação.

Image-runner

Ao fazer isso, uma nova tarefa será enfileirada e assim que o Runner associado à automação estiver ativo, a execução será iniciada automaticamente.